Como o tema da imparcialidade está dominando o noticiário, o Diário resolveu trazer 3 dicas de livros sobre a imparcialidade do juiz:

  • Levando a imparcialidade a sério (2018): o livro de Eduardo Costa utiliza a Psicologia Comportamental Cognitiva para discutir os possíveis vieses de julgamento e seus efeitos no processo.
  • Desconfiando da imparcialidade dos sujeitos processuais (2020): já em segunda edição, o livro de Dierle Nunes, Natanael Lud e Flávio Pedron trata dos vieses cognitivos que afetam a imparcialidade, com um interessante capítulo sobre viés algorítimico.
  • Discriminação por preconceito implícito (2021): o recente livro de George Marmelstein explica o conceito de preconceito implícito e sugere que ele está em praticamente todas as nossas decisões, a partir de exemplos colhidos em estudos científicos.

Os três livros podem ser adquiridos na Editora JusPodivm.

Editado por Vitor Fonsêca @vitormfonseca